A Sessão Vai Começar – Retrospectiva

A Sessão Vai Começar – Retrospectiva

Vou finalizar o ano fazendo uma retrospectiva dos onze filmes que estiveram em cartaz em 2017 e que apresentei fazendo a relação com um tema de gestão e/ou comportamento na coluna “A Sessão Vai Começar”.

Janeiro -“Sully – O herói do Rio Hudson”. O tema foi a questão do Fator Humano. O filme mostra uma situação concreta onde a decisão do “Sully” o piloto do voo 1549 da US Airways não foi baseada na automação e sim numa habilidade comportamental. O sucesso do desempenho dele estava claramente vinculado a questão do fator humano. Fatores esses relacionados aos aspectos fisiológicos ou psicológicos da capacidade humana que afetam o nosso desempenho em diferentes circunstâncias.

Fevereiro –La La Land: Cantando Estações”. O olhar foi na importância da construção de um Plano de Ação para realizar os nosso projetos. Falamos sobre uma ferramenta que podemos utilizar para facilitar o percurso chamada “SMART”.

Março –“Estrelas Além do Tempo” onde conversamos sobre o tema Diversidade com foco na inclusão. A necessidade de criar uma cultura de inclusão é fundamental não somente comprometendo-se com os princípios que sustentam as questões relacionadas a diversidade mas com as práticas cotidianas que a trazem à vida.

Abril –Negação” e o tema foi Confiança. Considerada um dos conceitos mais relevantes no mundo pessoal e organizacional. Como toda relação depende da construção da confiança o tema foi abordado através dos conceitos do livro “Os 5 Desafios das Equipes” do autor americano Patrick Lencioni. No livro ele apresenta as cinco disfunções das equipes utilizando o desenho de uma pirâmide. Ele coloca na base da pirâmide a ausência de confiança. As outras quatro começando da base para o topo são: medo do conflito falta de comprometimento, fuga da responsabilidade e falta de foco nos resultados. Logo, estas cinco disfunções devem ser evitadas e é claro começando pela base da pirâmide que é a Confiança.

Maio –“Paterson” que é um filme sobre arte e criação. O tema foi sobre a Criatividade. O filme é uma aula sobre o processo criativo. Nos inspira a olhar mais de perto o mundo ao nosso redor e colocar em prática o nosso potencial criativo pois sempre haverá uma página em branco num caderninho para inovarmos.

Junho –“A Promessa” e a questão da Resiliência. O conceito de resiliência ganhou forças no últimos anos pois tem demostrado que mesmo diante de cenários desfavoráveis, complexos e de mudanças, as pessoas e as empresas conseguem maximizar seu desempenho com o máximo de inteligência gerando um significado ou um sentido para aquela experiência.

Julho –Mulher Maravilha” e o tema Compaixão. A compaixão não é algo com que nascemos ou não. Ela alcança todas as pessoas. Ela pode ser aprendida e reforçada através de exercícios e práticas direcionadas. Uma emoção poderosa nas relações interpessoais tanto no âmbito social quanto no profissional.

Agosto –“João–O Maestro” conversamos sobre o livro “Garra: O Poder da Paixão e da Perseverança” da psicóloga e professora da Universidade da Pensilvânia Angela Duckworth. Ela define garra como paixão e perseverança em relação aos objetivos que estabelecemos a longo prazo. Na sua vasta pesquisa ela descobriu que as nossas realizações dependem mais da nossa paixão, persistência e compromisso com nossos objetivos do que com nossos talentos inatos.

Setembro –Uma Mulher Fantástica” – Mais uma vez o olhar foi para a questão da Diversidade. Tivemos um convidado para falar sobre o tema que foi o analista de RH sênior da Valer-Educação Vale, a Universidade Corporativa da Vale S.A. Alexandre Braga. Foi possível conhecer um pouco mais como a questão da diversidade está sendo tratada dentro de uma empresa de grande porte.

Outubro – “O melhor Professor da minha Vida” conversamos sobre Mudança de Comportamento e a Metodologia chamada “The Four Levels” do Donald Kirkpatrick que oferece uma ferramenta abrangente para avaliar a mudança de comportamento dos participantes após o treinamento.

Novembro – “Uma Verdade Mais que Inconveniente” e a importância do Multiplicador como um formador de opinião.

Caso desejem aprofundar-se nos temas as onze sessões encontram-se no blog da Eduvir.

Encerro esta sessão desejando um Excelente 2018!.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Envie um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *