Coluna da Denise Barcelos

Denise03Denise Barcelos é dermatologista. Participa anualmente dos Congressos do AAD (American Academy of Dermatology), ASLMS (American Society of Laser in Medicine and Surgery) e EADV e na Harvard Medical School.

Especialista, Pós-graduada em dermatologia pela Santa Casa da Misericórdia do RJ, Especialista em dermatologia pela SBD (Sociedade Brasileira de Dermatologia) e pela SBCD (Sociedade Brasileira de Cirurgia Dermatológica).

A

Posts mais recentes


A importância da alimentação para a Pele! por Denise Barcelos

Se a natureza já nos fornece vários alimentos para uma pele boa, o homem conseguiu desenvolver diversos produtos industrializados que ajudam nessa batalha. Hoje o mercado de suplementos e alimentos com substâncias benéficas para a pele tem crescido em grande escala. Esses são chamados de Nutracêuticos. “O termo Nutracêutico vem da junção de “nutriente” + “farmacêuticos”, pois os nutrientes têm a capacidade comprovada de proporcionar benefícios à saúde, como a prevenção e o tratamento de doenças”, afirma a nutricionista. Alguns exemplos de suplementos que apresentam ação importante para a saúde da nossa pele são colágeno, ômega-3, óleo de borragem e prímula, coenzima q10, ácido alfa lipoico, ácido hialurônico, o silício orgânico, entre outros. Se por um lado, alguns alimentos podem se tornar “parceiros” na busca por uma pele linda e saudável, por outro, existem os vilões, que devem ser evitados. Os carboidratos refinados (pães, massas, refrigerantes, açúcar, doces) são desses, por todo o efeito inflamatório e oxidante que causam ao nosso organismo. Além disso, esses alimentos participam do processo de glicação, um processo que une uma molécula de glicose com uma de proteína, como colágeno e elastina – as mesmas responsáveis por manter a pele mais jovem e firme, só que essa união quebra as proteínas, promovendo a formação de rugas, além de acarretar a perda de elasticidade e tonicidade da pele. Vale lembrar que alguns alimentos também podem afetar os níveis hormonais e dessa forma impactar na pele. Um exemplo comum é o aparecimento de acne, que está diretamente ligado, na maioria das vezes, a picos de insulina. Esses picos são causados pela ingestão de carboidratos refinados. Outro...

Deixe-me dormir!

Melhore a qualidade do seu sono e verá enormes benefícios para a sua pele e sua beleza. Está comprovado cientificamente que durante uma boa noite de sono nossa pele se regenera – a genética e o relógio biológico não negam! Uma noite mal dormida, sem o sono restaurador, promove desgaste no organismo – e isso é uma das principais causas de alterações do sistema metabólico, perturbando o processo de restauração noturna da pele, e acelerando o envelhecimento. Já uma noite bem dormida, alem de sintetizar os níveis adequados de melatonina (hormônio responsável pelo sono restaurador), promove o processo eficiente de renovação celular, principalmente na pele. É durante a noite que nossa microcirculação atinge seu auge, justamente na hora em que os produtos são melhor absorvidos. Épor isso que os principais ativos são aplicados à noite. A melatonina só é produzida durante o sono noturno profundo, portanto não adianta enganar seu relógio biológico, compensando uma noite sem dormir, com sono diurno. Seu organismo sabe exatamente o que está se passando – é por isso que temos jet lag quando viajamos para longe. O ritual noturno A limpeza da pele à noite deve ser levada a sério, pois a remoção de impurezas e resíduos de maquiagem irá maximizar a ação dos produtos de tratamento. Para garantir o sono restaurador vale tudo, até investir em um delicioso travesseiro de seda pura, já que o algodão pode absorver o creme e, consequentemente, a água da pele do rosto. Impossível não dormir bem! BONS SONHOS! Para melhorar a qualidade do sono, ao se deitar, pingue três gotinhas de óleo essencial de lavanda ou rosa no...

Lactobacilos em creme?

Os benefícios à saúde associados a lactobacilos, já eram conhecidos pelas culturas antigas, há quem diga que Cleópatra banhava-se no leite para tornar sua pele macia e lisa. O primeiro registro conhecido do leite fermentado para tratamento foi utilizado para gastroenterite e assim o primeiro uso dos que conhecemos hoje como probiótico, hoje tão difundido com numerosos estudos dos seus benefícios para tratamentos da acne, dermatite atópica, dermatite seborreica e doenças como candidíase vaginal e mucosite oral, agora mostra-se promissor como antienvelhecimento, mas com uso tópico, em CREME! Novas evidências demonstram os efeitos benéficos dos probióticos sobre a pele e cada vez mais crescem nos congressos de dermatologia e na literatura médica Seus efeitos a nível molecular e em ensaios clínicos humanos demonstram o seu papel em retardar as manifestações da pele tanto no envelhecimento extrínseco quanto o intrínseco. Novos estudos demonstram que os probióticos podem restaurar o pH ácido da pele, aliviar o stress oxidativo, atenuando assim o fotoenvelhecimento e melhorando a qualidade da pele e de quebra dos cabelos também. Algumas marcas começaram a despertar e estudar estes benefícios, aqui no Brasil o uso tópico, por enquanto, está restrito a produtos manipulados. Vale à pena incluir na sua rotina este cuidado, tanto por via oral ou como uso tópico. Consulte seu...