Coluna da Gilda

gilda_300x200Gilda Palhares  é graduada pela PUC-RJ em Comunicação Social e pós-graduada em Psicologia Positiva e Integração com Coaching pela Psi+ e AVM Faculdade Integrada e em Administração Empresarial pela UFF. Carreira desenvolvida durante 20 anos, na VARIG, atuando na área de RH em Educação Desenvolvimento. Especialista em desenvolver e ministrar programas de treinamentos comportamentais desde 2004 atua como consultora na Eduvir Consutoria.
A

Posts mais recentes


O que é Meliorismo? Explicando Meliorismo Global e Social

Quando você ouve a palavra “meliorismo”, o que vem à mente? Existem muitos -ismos no mundo. O que distingue o meliorismo de coisas como pessimismo, otimismo, humanismo e pluralismo? Quem influenciou nosso pensamento nessas áreas? Meliorismo, se é global ou social é o foco deste post. Antes de começarmos, vamos ver a definição de meliorismo. A filosofia por trás do Meliorismo Um meliorista, um pessimista e um otimista estão jantando. Um garçom se aproxima da mesa perguntando se está tudo bem. O pessimista pede outra cerveja quando o copo está meio vazio. O otimista faz o pedido quando está meio cheio. O meliorista termina a bebida, antes de decidir comprar outra cerveja. O garçom vai voltar. O pessimismo e o otimismo pressupõem que o progresso ou declínio é “inevitável”. Koopman (2006) afirma que o foco do meliorismo é fazer melhorias mais rápidas evitando possíveis declínios. Meliorismo é parte esperança parte realidade, e focando no futuro. Essa perspectiva permite ver o que está acontecendo, avaliá-la através dos prós e contras e depois agir. As ações tomadas estão sempre a serviço de tornar a vida melhor para os membros da sociedade. Um olhar sobre o Meliorismo Social Os melioristas sociais acreditam em melhorias além das que ocorrem naturalmente. Eles acreditam que as pessoas podem influenciar processos e criar mudanças que beneficiam muitos. Esses indivíduos vêem o mundo como está com todos os seus problemas e dizem: “a mudança é possível!” Eles buscam resolver os males do mundo, seja curando uma doença, limpando o oceano ou melhorando a educação. Os melioristas sociais tendem a se preocupar com vários – ísis da sociedade....

A Importância das Comunidades Positivas

Os seres humanos são feitos para viver e trabalhar com os outros pois são seres sociais evoluídos para existir em comunidades. Comunidades positivas são grupos que inspiram e encorajam seus membros a expressar suas crenças e valores, bem como construir relacionamentos com outros. Experiências positivas com a comunidade permitem que os indivíduos se sintam mais conectados ao seu ambiente e às pessoas que o compõem; proporcionam aos integrantes um sentimento de pertencer e a sensação de poder se expressar sem se sentir julgado. As comunidades que se destacam em promover este sentimento de pertencimento encorajam os participantes a expor suas ideias. Seguem abaixo algumas das características mais comuns das comunidades positivas: Trabalham juntos por um objetivo comum As comunidades mais eficazes compartilham valores e sistemas de crenças similares que cooperam para ajudar a realizar um ou vários objetivos. Esses objetivos podem variar dependendo da comunidade em questão. Permitem a liberdade de expressão Indivíduos que se sentem encorajados a dar sua opinião sobre um determinado assunto, que são ouvidos quando falam o que pensam, são mais propensos a se sentirem conectados à sua comunidade. Promovem a equidade A diversidade é abundante em todas as comunidades. No entanto, entre todos os grupos que contêm diversidade, há sempre indivíduos que se enquadram na minoria. Comunidades positivas trabalham para garantir que aqueles que são minorias não sejam tratados de forma diferente. Definem diretivas Comunidades positivas não estabelecem regras. Em vez disso, elas trabalham para incentivar os participantes a cumprir suas obrigações. São sensíveis em relação aos membros Além de se sentirem ouvidos, os integrantes das comunidades positivas sabem que suas preocupações são tratadas...

A Sessão Vai Começar – Oscar 2019

Existem várias premiações importantes na arte cinematográfica como o Globo de Ouro (EUA), Urso de Ouro (Berlin), Palma de Ouro (Cannes), Leão de Ouro (Veneza), BAFTA (British Academy Film Awards) e é claro o Oscar. No dia 24 de fevereiro vamos poder assistir o Oscar 2019. Este ano são oito filmes concorrendo para ganhar a estatueta de melhor filme. Tive a oportunidade de ver os oito e nesta sessão vou pontuar alguns temas que podem ser observados no nosso cotidiano tanto na vida profissional como pessoal. Nasce Uma Estrela – Coaching, Superação, Foco, Persistência Jackson Maine (Bradley Cooper) é um cantor no auge da sua carreira conhece Ally (Lady Gaga), uma insegura cantora que ganha a vida trabalhando em um restaurante. Jackson se encanta por Ally e descobre que ela tem muito talento ao cantar. Decide acolhê-la debaixo de suas asas. Ally ascende ao estrelato, Jackson vive uma crise pessoal e profissional devido aos problemas com o álcool. Vice – Estratégia, Tomada de decisão, Competição, Determinação, Ética                                                                                                                                                                                                                                                                                   Narra a história da carreira política do Dick Cheney (Christian Bale) desde a época que se aproximou do Partido Republicano ao ver na política uma grande oportunidade de ascender de vida. Quando George W. Bush (Sam Rockwell) resolve se lançar candidato à presidência, Cheney é chamado para assumir o posto de vice-presidente. Ele aceita, mas com a condição de ter amplo poder em todas as esferas do governo. Infiltrados na Klan – Preconceito, Tolerância, Criatividade, Conflito, Desafios Em 1978, Ron Stallworth (John David Washington), um policial negro do Colorado, conseguiu se infiltrar na Ku Klux Klan local. Ele se comunicava com os outros...