21 dez, 2020

Por Gilda Palhares

A Sessão vai Começar: Outubro Rosa e Novembro Azul

Os movimentos Outubro Rosa e Novembro Azul têm o objetivo de alertar as pessoas sobre a importância das medidas de prevenção do câncer de mama (outubro) e de próstata ( novembro). Sendo o cinema um excelente veículo para sensibilizar os espectadores, busquei em vários sites, filmes que abordavam o tema do câncer de mama. Um site indicou-me 14 filmes e o mais antigo datava de 1983 “Laços de Ternura”. Também encontrei uma ótima série chamada “Saúde Brasil”, que oferece documentários educativos voltados para a área de saúde, em especial à prevenção, e tinha um específico sobre câncer de próstata.

Assim sendo, a palavra-chave desta sessão é Prevenção. Ela é definida como um conjunto de atividades e medidas que busca, se feitas antecipadamente, evitar um dano ou mal relacionados à incêndios, acidentes aéreos, ambientais, de trabalho e doenças.

Tornou-se evidente que, a prevenção de doenças é a estratégia mais efetiva para o controle de patologias agudas e crônicas. A partir dela, surge a medicina preventiva, especialidade médica pautada na prevenção das doenças, em vez do tratamento dos sintomas. Por meio dessa perspectiva da medicina, as pessoas obtêm melhora na qualidade de vida.

No aspecto organizacional, a gestão de saúde, com foco na medicina preventiva, apresenta os benefícios abaixo:

  • Melhora do clima organizacional; • Redução nas taxas de absenteísmo; • Diminuição de afastamentos e atestados; • Aumento da saúde e produtividade dos colaboradores;
  • Retenção de talentos.

É importante ressaltar que a saúde não é meramente ausência de doença, por isso procedimentos que geram bem-estar também se encaixam na medicina preventiva. Seja com atividades de lazer no horário de trabalho, horários flexíveis, sessões de “mindfulness”, palestras especializadas com profissionais da área comportamental sobre ansiedade, propósito, realizações e educação financeira.

Reforçando o tema acima, a matéria “Novos Gestores Cuidam do Bem-Estar dos Funcionários” diz que áreas específicas surgem para criar experiências positivas e de impacto para os colaboradores (Valor Econômico, 26/10/20). Foi citada a BASF que estabeleceu, em janeiro último, uma gerência para a área de bem-estar. O objetivo era ter uma equipe pensando exclusivamente na criação e adaptação de ações que impactassem o bem-estar.

A empresa em que você trabalha possui ações focadas no bem-estar? Quais são elas? Conte para nós.

Concluindo, é sempre bom lembrar do conhecido ditado “melhor prevenir do que remediar”.

 

 

Fonte: Saúde Brasil (www.imtep.com.br), 14 filmes sobre Câncer de Mama (https://impulsohub.com.br) e Jornal Valor Econômico de   26/10/2020 Empresas.